Campanha do Laço Branco

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
12/03/2019 13h01
0 Comentários

“Os homens precisam defender as mulheres. Esta iniciativa é, para nós, do universo masculino, a forma de respeitar e, sobretudo, proteger as nossas irmãs, amigas, vizinhas ou simplesmente mulheres vítimas de algum tipo de violência”, justifica o vereador Rogério Santos (PRB), após dar entrada no Projeto de Lei nº 23/2019 que institui a o “Mês de Mobilização de Todos pelo Fim da Violência contra a Mulher”.


Trata-se da Campanha do Laço Branco, em que os homens devem lutar pelo fim da Violência contra as Mulheres. A Campanha foi criada no Brasil pela Lei federal nº 11.489 em 2007 e institui o 6 de dezembro como o “Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da violência contra as Mulheres”, para lembrar de um crime que chocou o mundo em 1989, em Montreal, no Canadá, onde um homem invadiu uma escola e assassinou 14 mulheres. O criminoso, Marc Lepine, de 25 anos, suicidou-se, mas antes deixou uma carta justificando o ato: não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente masculino. 


Depois disso, um grupo de homens canadenses organizou um ato para repudiar crime contra a mulher e elegeu um “laço branco” como símbolo para adotar um lema: jamais cometer violência contra as mulheres e não fechar os olhos a qualquer tipo de abuso. 
“Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil ocupa a quinta posição no número de casos de feminicídio no mundo. Esse dado é alarmante. É triste. Espero que esse projeto seja aprovado pela Câmara Municipal de Palmas”, conclui o vereador Rogério Santos.

 
Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.
REVISTA HELLO
Cadastre o seu e-mail e receba as novidades do site.