Palmas conta com mais um local para castração de cães e gatos

Nos acompanhe em tempo real:
Compartilhe nas redes sociais:
05/09/2017 16h42
0 Comentários

A partir deste mês de setembro Palmas passa a contar com dois locais para realização de procedimentos cirúrgicos de castração de cães e gatos. Agora, além da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ), os procedimentos serão realizados também no Hospital Veterinário do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra). Para as castrações no Hospital Veterinário do Ceulp/Ulbra, o calendário de agendamentos estará disponível nos próximos dias. Já para as castrações na UVCZ a agenda abre de 25 a 30 de setembro.

Os agendamentos podem ser feitos no site http://caievs.palmas.to.gov.br/, em datas e horários específicos, sendo que as vagas são destinadas exclusivamente para animais de moradores da Capital. “O agendamento é pessoal e intransferível e deve ser realizado pelo proprietário do animal sendo necessária a verificação de documentos de identificação pessoal com foto na data da cirurgia e trazer também a cópia do comprovante de agendamento no momento da cirurgia”, ressalta a gerente da UVCZ, Betânia Costa.

 

 

Requisitos

Para realização das cirurgias, o tutor deverá ter idade mínima de 18 anos, realizar o cadastro pessoal, e em seguida, o cadastro de seus animais para posteriormente acompanhar o calendário de agendamento. Após realizar o agendamento, as instruções quanto os procedimentos cirúrgicos e pré-operatórios e outras informações pertinentes serão encaminhadas para o e-mail cadastrado.

É permitido agendar até dois machos e duas fêmeas a cada 12 meses sendo possível agendar um animal de cada sexo por período de agendamento por pessoa.

Em caso de agendamento para castração e não comparecimento para a cirurgia, o usuário será bloqueado por seis meses para realização de novos agendamentos. Caso necessite cancelar seu agendamento, o proprietário do animal deve entrar em contato com a UVCZ, até 48 horas antes da data e horário da cirurgia para não incidir no bloqueio.

O procedimento cirúrgico é indicado para cães e gatos, a partir dos seis meses de vida, que estejam em boas condições de saúde, não estando obeso, caquético ou anêmico. As fêmeas não devem estar no cio, prenhe ou amamentando na data da cirurgia, a fim de evitar riscos cirúrgicos. Cães serão submetidos ao exame de triagem para Leishmaniose Visceral Canina, sendo pré-requisito para o procedimento cirúrgico.

Texto:
Gostou?
  • (0)
  • (0)
Compartilhe:

0 Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
Caracteres restantes: 700
 
  • Nenhum comentário publicado.
REVISTA HELLO
Cadastre o seu e-mail e receba as novidades do site.